1- Matavam crianças sem dó
Os nazistas não permitiam que as crianças pequenas sobrevivessem, eles acreditavam que essas crianças poderiam representar uma grande ameaça, pois se eles vivessem, eles cresceriam para formar uma nova geração de judeus. Se tornando então um alvo particular dos nazistas para serem assassinados durante o Holocausto. Muitas delas foram sufocadas nos lotados carros que levavam os gados a caminho dos campos. Aqueles que sobreviveram foram imediatamente levados para as câmaras de gás.




2- Milhões de pessoas morreram em apenas 12 anos
Entre 1933 e 1945, mais de onze milhões de pessoas, mulheres, homens e crianças foram assassinadas durante o Holocausto.




3- Crianças não tinham vez
O Dr. Wichtmann martelava a cabeça de crianças, que ele mantinha amarradas, para calcular quantos golpes exatamente o crânio aguentava.





4- Experimentos bizarros  
Os nazistas queriam conhecer mecanismos para tratar a hipotermia. Para isso, mergulhavam os prisioneiros em um tanque com água congelada por mais de três horas ou até a morte.




5- Dr. Josef Mengele, o Anjo da morte
Dr. Mengele organizou testes de genética em gêmeos. Os gêmeos foram arranjados por idade e sexo e mantidos em quartéis entre os testes, que variou de injeção de produtos químicos diferentes nos olhos dos gêmeos para ver se eles iriam mudar suas cores, literalmente, e costurar os gêmeos juntos na esperança de criar gêmeos monstros.



Referências:  History

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem