Amplamente reconhecida como a prisão mais famosa do mundo, Alcatraz foi consagrada na cultura popular. Na mente de muitos, esta prisão é sinônimo de mitos e lendas, mas ninguém sabe que é uma história completa. E muitos dos seus mistérios são muito mais profundos do que a famosa tentativa de fuga. O que nos deixa com algumas perguntas. Aqui estão as 5 lendas mais obscuras de Alcatraz.

5- As pessoas com penas


Nossa primeira lenda vem de várias culturas nativas da região. Alcatraz nem sempre foi uma ilha prisão. Tornou-se uma prisão federal em 1934. Anteriormente, era usada como uma prisão militar da guerra civil americana. Antes disso, era uma ilha militar mexicana que foi perdida durante a guerra, que foi basicamente quando os EUA invadiram o México e roubaram 50% de suas terras, que incluiu Alcatraz como parte da Califórnia. Alcatraz foi reconhecido pela primeira vez pelos europeus em 1775, mas os nativos americanos sabiam disso há muito tempo. Muitas tribos nativas acreditavam que a ilha era ocupada por um grupo de criaturas humanoides cobertas de penas. Eles evitavam se aventurar na ilha por medo de que as criaturas, que teriam apenas um braço, roubassem suas almas. Teriam o braço direito, e no lugar do braço esquerdo, era uma asa grande. Seriam como uma mistura entre humanos e águias. Sobreviviam comendo qualquer coisa que se aproximasse da ilha, fosse um rato ou um humano. A ilha de Alcatraz era conhecida por ter sido um local onde pelicanos construíam seus ninhos. Então talvez os nativos tinham apenas alucinações ao vê-los. Faz parte de algumas culturas nativas tomar fortes alucinógenos.

4- O incêndio de Alcatraz


A próxima lenda é que a polícia local ateou fogo ao prédio. A prisão foi fechada em 1963, e em 1969, 79 nativos americanos tomaram o comando. Funcionários do Estado foram incapazes de remover o grupo, pois a opinião pública parecia ser a favor de sua causa. Assim ficaram lá por 19 meses antes de um grande incêndio acontecer, destruindo assim parte do edifício, que virou a opinião pública contra o grupo. Eles foram então despejados pelas autoridades. Os nativos alegaram que o fogo foi iniciado por um grupo de pessoas brancas que desembarcaram na ilha naquela noite. A lenda é que a polícia precisava de uma desculpa para expulsar o grupo, então eles iniciaram o incêndio em segredo.

3-O som da loucura


Há uma lenda de que dentro de Alcatraz, a acústica do edifício por si só era suficiente para enlouquecer uma pessoa. Nos primeiros anos de ser uma prisão federal, uma política de silêncio foi rigorosamente aplicada. Nenhum barulho seria tolerado, e se você está se perguntando como foi permitido fazer isso, foi a década de 1930. Os presos imploraram aos guardas que acabassem com o silêncio, declarando que ele seria o pior tipo de tortura, mas eles foram ignorados, mesmo depois de vários deles perderam contato com a realidade. Em 1937, um prisioneiro chamado Rufe Persful, que tinha permissão para trabalhar com ferramentas, tentou cortar suas próprias mãos com um machadinho. Ele conseguiu remover os dedos de uma mão. Nunca foi comprovado que tal comportamento foi causado pelo silêncio.

2- A ilha fantasma


A ilha de Alcatraz é vista por muitos como um dos lugares mais assombrados da América do Norte. A atividade paranormal foi relatada por prisioneiros e guardas e, posteriormente, por visitantes. Eles dizem ouvir vozes sussurrando nas paredes das celas, o som da música do violino ou máquinas que não estão na prisão há 50 anos. Os funcionários negam tudo. Quando Mark Twait visitou a ilha, ele escreveu sobre “ser tão frio quanto o inverno, mesmo nos meses de verão” Floyd disse uma vez que “quase todos os guardas e funcionários que lá serviram, tiveram experiência com algo fora do comum”. O encontro mais comum que as pessoas relatam é o avistamento de figuras fantasmagóricas e escuras andando pelos corredores. Essas visões são frequentemente acompanhadas pelo som de correntes sendo arrastadas pelo chão. Dizem que eles são os espíritos dos nativos americanos que foram mantidos em Alcatraz durante a sua época de prisão militar. Na verdade, um guarda da prisão certa vez relatou ter visto um grupo de soldados marchando em círculo antes de desaparecer de repente. Um preso relatou ter visto olhos vermelhos e brilhantes flutuando na escuridão. Na manhã seguinte, ele foi encontrado morto em sua cela com marcas irreconhecíveis em volta do pescoço.

1- Fuga de Alcatraz


Há uma teoria de que a famosa tentativa de fuga de 1962 foi realmente um sucesso. Foi talvez a mais bem documentada fuga de todos os tempos. No dia 11 de junho de 1962, três homens se arrastaram por buracos que haviam cavado nas paredes das celas , entrando em um corredor não utilizado. Em suas camas, eles deixaram para trás as cabeças falsas feitas com sabão e papel higiênico. Quando subiram no telhado da prisão, os guardas foram enganados pelas cabeças falsas e nenhum alarme foi levantado. Eles desceram do lado de fora do prédio e correram para a balsa que haviam construído, e nessa balsa eles partiram de Alcatraz. As autoridades não conseguiram determinar se chegaram em segurança à costa ou se simplesmente se afogaram. Eles supostamente morreram, mas sem corpos para confirmar, é um verdadeiro mistério. Um parente de um dos fugitivos afirma que após a fuga ele recebeu um telefonema do preso. E muitos outros parentes afirmam que a fuga foi um sucesso, e que os homens viveram livres desde então.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem