Tutancâmon, também conhecido como o “Faraó Menino”era um dos faraós menos conhecidos, morto com apenas 19 anos, certamente por causa de malária e uma infecção generalizada ocorrida após uma fratura da perna. Apesar de ter tido curto governo, Tutancâmon hoje é um dos faraós mais famosos da história egípcia. A importância atribuída a este faraó é relacionada ao fato de sua tumba ter sido encontrada intacta.

Tutancâmon casou-se com sua meia-irmã, Ankhesenamon

Na tumba, em 1922, arqueólogo inglês Howard Carter encontrou, uma grande quantidade de tesouros. O corpo mumificado de Tutancâmon também estava na tumba, dentro de um sarcófago, coberto com uma máscara mortuária de ouro. O caixão onde estava a múmia do faraó também é de ouro maciço.

Tesouros encontrados na tumba do faraó


Na tumba de Tutancâmon foram encontradas mais de cinco mil peças, tesouros. Entre os objetos estavam jóias, objetos pessoais, ornamentos, vasos, esculturas, armas.

Entrada que dá acesso a tumba do faraó

Uma adaga encontrada com a múmia do faraó Tutancâmon foi feita com o ferro obtido de um meteorito, dizem pesquisadores. Isso sempre intrigou arqueólogos, já que a ferraria não era uma prática difundida no Egito antigo. Outro aspecto surpreendente: a adaga não se oxidou ao longo de três milênios. Pesquisadores italianos e egípcios analisaram o metal para determinar sua composição química e se surpreenderam: seu alto nível de níquel e a presença de cobalto "sugerem fortemente uma origem extraterrestre", segundo o estudo publicado nesta semana na revista científica Meteoritics & Planetary Science.


Adagas teriam mesmo origem extraterrestre?


Na época em que a tumba foi descoberta, o empresário Lorde Carnavon, que era financiador da equipe de Carter, foi um dos primeiros a conhecer o sarcófago. Logo em seguida, o empresário teve uma ferida infecciosa provocada pela picada de um mosquito. O estado febril acabou o levando à morte em poucos dias. Antes de morrer, disse que Tutancamon o havia convocado. No dia em que faleceu, o cachorro do empresário foi vítima de um infarto fulminante. Depois do ocorrido, Arthur Mace, integrante da equipe de Carter, morreu repentinamente no mesmo hotel em que Carnavon passou seus últimos dias. Joel Woolf, dono das primeiras fotos de Tutancamon, e Richard Bethell, secretário de Carter, também faleceram em condições inexplicáveis. Nessa mesma assustadora coincidência se juntaram a irmã e a mulher de Carnavon. Ao longo de seis anos após a descoberta, 35 ligadas à descoberta da múmia de Tutancamon morreram em condições misteriosas.


 Howard Carter 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem