Os moradores da cidade de Coal Grove, localizada no estado norte-americano de Ohio, acordaram na manhã do último dia 3 de junho e perceberam que a água que saía da torneira de suas casas estava cor de rosa. Apesar da aparência incomum, o líquido não foi considerado um risco para a saúde e podia até ser bebido em quantidades pequenas se diluído.

O que aconteceu foi que houve um mal funcionamento no sistema de canos para fornecimento de água durante a noite, o que liberou uma grande quantidade de permanganato de sódio na água — substância utlizada para controlar o gosto da água através de um processo de oxidação que remove o excesso de ferro e magnésio.



Curiosamente, o permanganato ainda é usado para deixar a água mais limpa e tem propriedades desinfetantes para eliminar o crescimento biológico, tal como o surgimento de mexilhões.

A água geralmente é tratada com 1 a 3 miligramas de permanganato de potássio por litro. Na estação que fornece água para Coal Grove, cerca de 3 quilos de permanganato de sódio são adicionados todos os dias. Durante o incidente, foi adicionada na água uma concentração 14 vezes a mais do que a dose normal.

Embora agora a água tenha voltado a ficar transparente, os moradores relatam que na cidade são comuns alterações estranhas na água. "A cada duas ou três semanas nós temos água nojenta em Coal Grove, mas dizem que ela não causa danos", contou Karen Turner, residente local ao canal de TV WCHS/WVAH Eyewitness News.



Segundo o operador técnico Stephen Burchett, foi aprovado um orçamento de US$ 1,9 milhão da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos para a instalação de um novo sistema de água, que deve resolver os problemas da cidade.

Quando a coloração rosa ainda estava presente na água, as autoridades locais chegaram a aconselhar os moradores que não lavassem as roupas para não manchá-las. “Eu tenho cabelo branco”, disse Turner. “ Já pensou se eu lavasse meu cabelo naquela água rosa?”, brincou. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem